sábado, 11 de novembro de 2017

Mais do mesmo

A Série B é meu lugar?
Eis que nos aproximamos do final do campeonato, campeonato este onde, de novo, vimos um Avaí se arrastando pra tentar conseguir resultados positivos, e o fantasma do rebaixamento já está puxando o pé do Leão. Subida após subida, desde aquele 2009, o que vemos é um time mal estruturado brigando sempre pra não cair, nunca pra tentar encerrar o campeonato na parte de cima da tabela.

Acredito que, novamente, os culpados por esta campanha fraca do Avaí tenham sido os homens que não jogam bola. Não jogam bola e mostraram que não entendem muito de futebol também. Contratações erradas, dívidas, manutenção de jogadores como Pedro Costa que não jogou nada o ano inteiro.

Agora, com a água entrando na bunda, vir falar em time de guerreiros, que a batalha só termina quando acaba? Besteira. É preparar a casa pra jogar a p* da Série B, de novo, ano que vem.

Sempre o vilão
Agora a culpa da situação em que o Avaí se encontra é do Claudinei? É sempre fácil querer apontar o pai do filho feio né? Claudinei claro tem sua parcela de culpa, com sua teimosia, porém, credito 70% da culpa aos letrados das salinhas de tijolo a vista. Essa é outra administração que mostrou não entender da mascada. E assim vamos, nos arrastando num campeonato onde teríamos chances de nos manter na elite.

Ano novo, diretoria nova
ZZZunino deixou o Avaí, entrou Nilton, entrou Batisttotti e a situação do Avaí continuou a mesma. Acho que é hora de renovação dentro do clube, de uma mudança de caras, de mentalidade, de novas idéias.

Se insistirmos sempre nos mesmos erros, alcançaremos sempre os mesmos resultados...

Continue lendo >>

sábado, 14 de outubro de 2017

45, o número do Avaí

Neste domingo o Avaí enfrenta o Fluminense em Fluminense ás 17:00 e o Avaí com esse time que não empolga vai em busca de uma vitória. E por falar em vitória, vamos a matemática nossa de todo ano para calcular do que precisamos para não sermos rebaixados.

Faltando 11 rodadas, o Avaí somou até o momento 30 pontos, para evitar o rebaixamento para a Série B, matemáticos falam em 45 pontos, ou seja, precisamos de mais 15 pontos dos 33 que ainda temos para disputar. 

Como eu disse, o torcedor já está acostumado com essa matemática, pois sempre que estamos na série A, é necessário despertar aquele nosso lado John Nash e fazer cálculos atrás de cálculos. Bom, o número é 45, acho que com essa quantidade de pontos não caímos mais. Portanto, que comece a olimpíada de matemática...!

Continue lendo >>

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

11 jogos para permanecermos

Os números do segundo turno
Eis que, na noite desta quarta-feira, em plena Ressacada, vimos o Avaí perder para o Vasco da Gama pelo placar de 2x0. Muito se tem falado da campanha do Avaí no segundo turno, então vamos dar uma olhada nessa campanha:


Com mais 11 jogos pela frente, o Avaí não pode se dar ao luxo de desperdiçar os jogos em casa como fez contra o Vasco. Aquele papo de "melhor campanha do segundo turno" é a mesma coisa dos times lá do Rio se gabando de ganhar a Taça Guanabara... Vale de nada!

Um velho e conhecido problema
Notei que nessas últimas derrotas, a nossa zaga, que nunca foi lá uma brastemp, ficou devendo bastante. Na verdade esse é um problema antigo dentro do Avaí, que vem sendo empurrado com a barriga por tempo demais. Acredito que precisamos jogar com 03 zagueiros, formação essa que sempre me agradou e não dependendo dos laterais para compor a zaga. Lateral ajuda, mas não é zagueiro de ofício.

Júnior Dutra
Tem certeza que tu não tá de conversa com o CUrinthia? Tenho lá minhas dúvidas...

Continue lendo >>

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Gol de placa do Avaí



Na manhã de ontem o Avaí repassou ao pai do jogador Renanzinho o comprovante do depósito no valor de R$ 100.000,00 para que a família do atleta possa construir uma casa. O Avaí ainda se comprometeu a pagar o mesmo valor, em 10x de R$ 10.000,00 com recursos próprios. Lembrando que os 100 mil são parte da renda do jogo Avaí x Brasil de Pelotas e doações de torcedores avaianos.

Renanzinho foi diagnosticado com um tumor na cabeça e parou de jogar pelo Avaí em 2015. Hoje, o atleta continua em tratamento, assistido inclusive por médicos do Avaí e já apresenta melhoras significativas, porém, a batalha dele continua.

Apesar do momento ruim que passa o Avaí no campeonato, fico muito feliz em ver essa atitude do clube para com seu jogador. Isso renova minha fé na instituição Avaí Futebol Clube. Somos mais que um time, somos uma família.

Valeu Avaí, golaço!!!

Foto: Avaí F.C.

Continue lendo >>

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Recado ao Marquinhos


Só para que saibas Galego, não estou sentindo a tua falta.

#assimtamelhor #geladeira #oAvaíémaiorquetudo

Foto: Chupinhei da internet. Notem a cara de #xatiadu do Galego...

Continue lendo >>

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo