sábado, 24 de setembro de 2016

AgorAvai?

Uma sequência de jogos avassaladora
Foram 06 vitórias e 01 empate desde a chegada do novo treinador ao Sul da Ilha. Um resultado de respeito conquistado dentro de campo. Confesso que, fiquei esses 06 jogos só observando, porque, como todo mundo sabe, esse Avaí faz côsa...

Como pode a simples mudança de treinador fazer um time que brigava para se afastar do Z4 entrar no G4? Será que o novo treinador é mágico ou será que havia corpo mole do elenco com o antigo? Ou ainda, será que agora temos uma psicóloga acompanhando nosso elenco? Difícil analisar uma mudança assim, tão drástica.


Pézinho atrás
Esses dias li um texto do Fábio Feijão, do Blog DeVirada, que reflete bem o atual sentimento do torcedor avaiano, é de medo. Porque o torcedor é fanático, e essa sequência de jogos nos deixou flutuando, porém, quem acompanha o Avaí sabe, já vivemos isso em vários outras oportunidades, e o resultado nunca se manteve. Estamos na torcida, lógico, mas com aquele pézinho atrás...

Avaianos na mira do mercado
O goleiro Renan e o zagueiro Gabriel tem propostas para deixar o Avaí, sendo uma dels inclusive para o exterior. O Avaí não tem dinheiro para segurar uma proposta dessa, e muito menos corpo técnico, porque minha opinião com relação a Joceli continua a mesma, é muito fraquinho.

Marquinhos, de novo
Sou fã do Galego, porque ele é um dos poucos, se não o único jogador no Brasil que joga por amor. Ele é mais torcedor que jogador, é fácil ver isso pelas declarações que dá e pelas atitudes que tem. No entanto, às vezes penso se ele não perde algumas oportunidades de ficar calado. Neste semana veio à imprensa reclamar do atraso dos salários, justo, afinal, todos temos obrigações. No entanto, será que não teria sido melhor uma pressão interna do que vir a público?

A falta de gerência
O momento, dentro de campo, é bom, o time acordou, está jogando futebol, estamos vivos na competição, apesar de faltarem 11 rodadas. E fora de campo, o que o Sr. Battisttotti tem feito? Não vejo movimentação nenhuma por parte da direção do Avaí, e esse atraso nos pagamentos é um reflexo disso.

Ainda ontem falava com o nobre Anderson Guimarães, dono do Bar Moby Dick lá na Praia da Pinheira sobre essa ingerência do nosso presidente. Pra mim ele é o Michel Temer do Carianos, pois quando o Nilton Machado estava no comando, não fez nada pra ajudar, quando pediram pra sair, ele quis ficar, disse que tinha propostas, mudanças, idéias... Aonde estão??? Promessas....

Foto: Internet

Continue lendo >>

sábado, 3 de setembro de 2016

Nos falta um presidente, isso é fato!



Do site Infoesporte:

A respeito do valor oferecido e o quanto isso ajudará nas contas, Battistotti foi cauteloso.

- Não é um valor que equilibra as nossas contas, mas é o que a Caixa tinha no orçamento. É lógico que se entrar algum dinheiro é bom, mas a nossa maior preocupação é iniciar 2017 com um patrocínio máster, isso vai nos aliviar.

É o que a caixa tinha...
SE entrar algum dinheiro é bom...
Isso vai nos aliviar...

Palavras que eu jamais queria ouvir do presidente do meu clube. São 02 (se não mais) anos sem patrocínio master por incompetência no gerenciamento do clube, afinal, ninguém quer patrocinar (investir) em um clube que não vence, que não cativa, que não tem estabilidade.

Tem uma frase, que não lembro o autor, mas se encaixa bem nesse mandado do Batistotti: Aquele que não luta pelo futuro que quer, deve aceitar o futuro que vier.

Foto: ClickRBS.com

Continue lendo >>

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

O clube não merece a diretoria que tem


"No último jogo tinha duas mil pessoas na Ressacada, não pode ser assim. Tem que ter mais gente, o torcedor precisar apoiar o clube, ser sócio, porque financeiramente a situação é muito complicada. Se o torcedor não abraçar, o clube pode fechar as portas"

Não posso negar que sou fã do Galego ali da Serraria, como jogador, pelo que já fez pelo Avaí e por esse amor incondicional que ele tem pelo clube. Acho que se pegar hoje no Brasil, Marquinhos deve ser um dos poucos, mas poucos mesmo, que jogam por amor a camisa. Entendo esse desespero dele, deve ser f* jogar sem torcida, ou se não, com meia dúzia de gatos pingados. Ainda mais porque o momento não é bom.

O futebol é paixão, é religião, é doença, mas tem uma hora que até mesmo a paixão faz mal, ilude, desacredita. O torcedor jamais irá abandonar o time, mas o futebol não é jogado somente dentro de campo, e fora de campo, o Avaí está perdendo de 60 x 0.

Assim como nosso ídolo pede que a gente compareça, a gente pede:

  • Um Gerente de futebol de verdade;
  • A renúncia do atual presidente;
  • O patrocínio Master (Caixa por enquanto somente o boato);
  • Qualificação do elenco;
  • Dispensa de jogadores como William e o próprio irmão do Marquinhos;
  • E por aí vai...
Foto: Clickrbs

Continue lendo >>

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Mais sorte que competência

Vitória sofrida

O Avaí conseguiu vencer ontem, nos acréscimos o time do Luverdense. Foi no sufoco, foi na sorte, convenhamos. Com isso ainda não há como avaliar o trabalho do novo treinador ou dizer que ele já chegou vencendo, porque mexeu no time ou porque já motivou o elenco. Não, foi sorte.

Até quando, Jotalhão?

Não entendo o que se passa na cabeça de quem manda escalar William Batoré no time do Avaí. P* que te lospa, o cara tá com uns 97Kg, tá quase do tamanho do César Menotti e Fabiano, não corre mais que um zagueiro com uma perna só.

Na boa, Sr. Battisttotti, quem tá bancando o Willa no Avaí? Nem patrocinío Master o time tem, como que banca o salário desse gordinho?? Entendes nada de futebol mesmo. Pede pra sair, pede!

Próximo adversário

No domingo o Avaí encara o Ceará, lá em Fortaleza. O time comandado por Sérgio Soares ocupa a quarta posição na tabela. Vai entrar com o cansado Marquinhos e o obeso William de novo a mando de sabe-se lá quem? Espero que não...

Foto: Jamira Furlani

Continue lendo >>

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

A imagem do dia


Eis que no dia de hoje fora apresentado o novo futuro ex-treinador do Avaí, Claudinei Oliveira (quem???). A foto por si só já demonstra o clima no clube. O novo treinador, com um sorriso forçado e amarelo já sabe que veio para a maior bucha da sua vida, porém, quem tá desempregado não pode recusar trabalho. A cara do Joceli reflete claramente aquele sentimento de "Meu Deus, porque que eu aceitei esse emprego? erá que demora muito pra nego pedir minha cabeça?"

Pra quem acha que Claudinei é tipo o Evando, que tá de metido nisso se engana, o cara já está trabalhando como treinador desde 1999, sempre em times pequenos ou na base de algum time (Santos). Não tem passagens expressivas por lugar nenhum e nenhum resultado expressivo no time principal. Fora demitido do Paraná a pouco tempo por não apresentar um trabalho positivo.

Não posso no entanto julgar o treinador por isso, não conheço seu trabalho, no entanto, conheço o elenco do Avaí, o presidente do Avaí e o Joceli. Ou seja, é mais um que vem pra tentar trabalhar e verá que as condições aqui são péssimas.

- Mas o Battisttotti disse que o cara que viria para substituir o SIlas não seria uma promessa...

Pois é né, também ouvi isso.

Foto: Avaí F.C.

Continue lendo >>

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo