quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

De olho no elenco

E, como era de se esperar, o RH do Avaí anda trabalhando nesse fim de ano, existem contratos a serem renovados, jogadores a serem dispensados e reforços a serem trazidos. Por enquanto, pouca coisa concreta, vamos dar uma olhada:

Jogadores dispensados
Bocão, Diego Felipe, Thiago Carleto, Willen, Héber, Abuda, Jean Silva e Egon. Nenhuma novidade, eram todos jogadores que apenas oneravam a folha salarial do clube e não apresentavam nenhum futebol dentro de campo.

Jogadores que interessam ao clube e estão nego$$iando
Vagner, Pablo, Antonio "Malaco" Carlos, Eltinho, Eduardo Neto, Eduardo Costa, Marrone, João Filipe e Roberto. Não sou fã do futebol de Eltinho, na verdade nunca fui, pra mim não precisaria renovar. Também não gostei dessa passagem de Roberto pelo Avaí, é um bom jogador, porém, nessa última passagem não mostrou absolutamente nada.

Wagner e Pablo (a que ponto chegamos...), segundo informou o sósia do Darci, estão com as negociações mais complicadas, pois já receberam propostas de Palmeiras, Botafogo e Corinthians.



Jogadores apontados por Geninho
Geninho, que está com moral, afinal, é o principal responsável por este acesso, antes de sair de férias deixou uma lista de nomes que lhe interessam na temporada 2015, entre eles: Léo Gamalho (Ceará), Neto Baiano (Sport), Pimentinha (aquele anão do Sampaio Correia que encomodou o Avaí) e Souza (Criciúma).

Destes, o Avaí já meio que desencarnou de Léo Gamalho e Souza, pois os salários que estão pedindo estão muito acima do teto que o Avaí pretende manter esse ano.

Chico Lins e Eduardo Costa
O primeiro, por enquanto está ajudando na reformulação do elenco, no entanto, rumores já estão dando conta que outro será contratado para seu lugar. O segundo, que não vem jogando nada, está com os dois joelhos bichados, não sabe se vai jogar ou se aposentar, dizem em dar um emprego (lá vem o assistencialismo do Avaí...) para ele nos bastidores para fazer... desempenhar a função de... exercer atividades relacionadas a....

Foto: Avaí F.C.

Continue lendo >>

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Montagem do elenco deve ser prioridade para 2015

Após a "conquista heróica" (tem nego bradando isso aos 04 cantos), vem aquela preocupação com o ano de 2015, pois convenhamos nobre leitor, passamos mal bocados na Série B, principalmente perdendo jogos para times de Série C. A Série A não perdoa, taí o Palmeiras e o Botafogo para provar isso. A montagem do elenco deve ser prioridade. Se esse ano Chico Lins trouxe vários jogadores sem talento, me preocupa o que ele fará agora que tem dinheiro...

Como o Avaí já anunciou que irá renovar com o treinador Geninho (começamos 2015 com o pé direito), agora basta ver como Chico Lins fará a manutenção do elenco. Segundo o site Infoesporte, os jogadores abaixo tem seus contratos vencendo no fim deste ano:

Arlan (lateral-direito), Antonio Carlos (zagueiro), Abuda (volante), Bocão (lateral-direito), Diego (goleiro), D. Felipe (volante), Eltinho (lateral-esquerdo), E. Costa (volante), E. Neto (volante), Egon (zagueiros), Héber (atacante), Julio César (volante), Jean Silva (atacante), João Filipe (zagueiro), Marrone (volante), Néris (zagueiro), Pablo (zagueiro), Philipe Maia (zagueiro), Roberto (atacante), Carleto (lateral-esquerdo), Vagner (goleiro) e Wilen (atacante).

Os nomes em negrito, na minha humilde opinião, não deveriam ter seus contratos renovados. Tem nego aí que eu nem sei quem é, os demais, já mostraram que não são dignos de vestir o manto azul e branco.  Então dos 22 jogadores que tem contrato vencendo este ano, se o Avaí realmente quiser iniciar 2015 de forma responsável, lúcida, com objetivo de alcançar novamente a Sul Americana, na minha opinião, apenas 06 devem ficar.

Já os jogadores abaixo, tem o contrato vencendo em 2015 :

Aleks (goleiro), Bruno Maia (zagueiro), Bruno Mendes (zagueiro/maio de 2015), Cássio zagueiro/ maio), Diego Viana (atacante/ maio), Filipe Alves (atacante/ maio), Revson (volante), Toshi (atacante), Tauã (atacante) e Vitor (goleiro).

Notem que nem mexi nos goleiros, goleiro é algo que temos que ter, e convenhamos, eu só vi o Wagner jogar, os reservas eu nem sei em que estado estão. Já os zagueiros, inelizmente tive que optar por manter Pablo, o MALACO Antônio Carlos e Bruno Maia, mas todo mundo sabe que meu desejo é ter uma dupla de zagueiros fortes, de preferência, gringos.

Gente como Cássio, o japonês Toshi e qualquer outro que tenha amizade com diretor, ex-presidente ou tenha sido trazido não pelo futebol, tem que ir embora. Não dá pro Avaí querer continuar mantendo aquela relação paternalista com jogador que não rende. Para que triunfemos em 2015, Chico Lins tem que se impor, não como um tirano que impõe medo, mas como um líder respeitado, coisa que não vimos esse ano.

Foto: GloboEsporte

Continue lendo >>

domingo, 30 de novembro de 2014

Um 2015 diferente?

Quase ninguém acreditava
Deixemos de milongas, com aquela série de 09 jogo sem vitórias, um bando de jogadores querendo renegociar valores e nenhum futebol em campo, somado ainda, a ter que vencer o Vasco e torcer por 02 resultados, quase ninguém acreditava.

Acesso com gosto de chuchu
Na boa, estamos na Série A, o que sempre foi nosso objetivo, mas do jeito que deu-se o acesso, na boa, não tive vontade nenhuma de ir pro Koxixo comemorar ou ficar infernizando a vida dos meus primos, todos alvirosados. O Avaí não subiu por méritos, subiu porque o universo conspirou a favor. Quando que um time que não vinha jogando nada ia vencer o Vasco e os outros 02 times que precisariam perder perderiam? Eu chamo de conspiração do Universo, lá na Coxteira, eles chamam de macumba brava mesmo...

Não tenham memória curta
Apesar das declarações de Marquinhos e Eduardo Costa após o jogo de sábado, e do acesso, eu não tenho memória curta, e espero que o resto da torcida também não tenha. Do atual elenco, no máximo 03 jogadores podem permanecer, os demais, que sejam vendidos, mandados embora ou doados. Jogador que fez corpo mole, que quis renegociar bicho, que adora babar ovo de veterano, estes não podem permanecer no Avaí!

Unanimidade
Se houve uma unanimidade nesse time do Avaí esse ano, foi Geninho, o treinador. Desde que foi anunciado, trouxe um alívio ao coração abalado do torcedor avaiano. Homem sério, de postura firme, que nunca se escondeu fez o que pode com esse elenco limitadíssimo que tinha em mãos. Imagine se tivesse o elenco de 2008/2009...
Geninho disse que tem interesse em permanecer no Avaí, Geninho é o herói do acesso a Série A. Deve ser mantido, espero que o desaparecido Nilton Machado leia isso!

Falta de gerência
Bom, do presidente já falei acima, mais sumido que nota de R$ 1, não me lembro de ter visto um presidente tão desaparecido quanto ele no Avaí. Pra mim o presidente tem que por a cara.

Já Chico Lins, apesar de agora, alguns estarem defendendo, foi o cara que não fez uma contratação descente para o time, não conseguiu controlar os ânimos nem as vaidades de certos veteranos que cagam de porta aberta na Ressacada. Gerente de Futebol tem que ser respeitado, tem que entender de futebol, tem que ter contatos. Por mim, pode mandar embora junto com essa raça que ficou fazendo corpo mole.

No mais...
No mais é montar uma equipe descente para 2015, não prometer vencer o estadual, saber negociar as cotas da TV e tentar trazer novamente o torcedor para a Ressacada. Que nos lembremos, o Avaí perdeu para times fraquíssimos da Série B, se não montarmos um time forte, seremos o Criciúma da competição.

Foto: Globoesporte.com

Continue lendo >>

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

2014 acabou...

Patético
Mais uma apresentação patética desse elenco patético. Aos 35 do primeiro tempo já havíamos tomado 03 gols, daí meu amigo, foi desligar a TV e ir encher a cara para esquecer.

Geninho
Apesar de insistir com Eduardo Costa, Bocão e Anderson, tenho que deixar claro que Geninho é o melhor "jogador" desse time. Veio pra cá, e até onde pôde, operou um milagre em nos colocar no G4. Complicado trocar fulano por beltrano se ambos são uma vergonha pra camisa do Avaí. O ideal, seria mantê-lo para 2015, porém, ele já sabe que o Avaí é um time quebrado, com elenco patético e paternalista, com certeza vai embora porque já até deve ter proposta de outros clubes.

Bando do jaguaras
Novamente esse elenco limitadíssimo deixa escapar a chance de dar ao torcedor o acesso que ele tanto espera. Novamente por putaria, má vontade, zóio, estrelismo, achismo, ganância e por aí vai. Para 2015, pode dar uma olhada nos contratos e mandar quase todos embora. Eu manteria apenas Wagner, Marrone e pasmem.... Pablo (mas esse último é só para alegrar meus leitores, sou a favor de dois zagueiros hermanos).

Encerrando 2014
Depois de ontem, outra chinelada, perdi toda vontade de escrever ou acompanhar o Avaí. Estou aqui me controlando para não soltar o verbo. Elenco patético, gerência de futebol caolha, diretoria incompetente, na boa, só o cara que cuida do gramado e a Dona Nesi se salvam.

AgorAvai?
Vai.... Matematicamente vai, basta vencer o Oeste (que rebaixou a Lusa ontem por 3x0), América/MG (que vem de uns 06 jogos sem perder), a rebaixada Lusa, Santa Cruz (que tem um ponto a menos que o Avaí e um jogo a menos que o Avaí), e por último o Vasco (terceiro colocado na tabela). AgorAvai? Vai terminar o campeonato na 14a posição, isso sim,

Feliz Natal e Próspero Ano Novo! Que 2015 mandem embora todo esse elenco mercenário, o gerente de futebol e que o presidente peça pra sair, porque nunca vi nego tão omisso....

Foto: Jamira Pacheco

Continue lendo >>

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Não se ajuda....

Errar é humano, insistir no erro é burrice
Aí hoje leio que o Avaí entrará em campo com: Vagner; Bocão, Antônio Carlos, João Filipe e Eltinho; Eduardo Costa, Eduardo Neto, Diego Felipe, Diego Jardel e Marquinhos; Anderson Lopes.

Porra! Eduardo Costa??? Na boa, Geninho perdeu todo meu respeito. Já não bastasse colocar Bocão e o duvidoso Anderson Lopes ele insiste em manter Eduardo Costa? BURRO!


Não vai vencer!
Não tanto pelo elenco fraco, pela insistência em peças que não dão certo, nem pela melhor qualidade do time da terra da soja. Não vai vencer porque os mercenários ainda não tiveram renegociado o valor do prêmio pelo acesso. Então, como a maioria só tem o segundo grau, fica difícil entender que se subirem para a Série A, o salário aumenta, as premiações aumenta, o bicho aumenta...

Mentalidade de time pequeno
Ouvi dizer que a estratégia hoje é jogar pelo empate, pois este resultado ainda nos mantém no G4. Mentalidade de time pequeno... Se o Avaí jogar retrancado, não se espantem, estão seguindo a "estratégia" traçada.

Foto: Internet

Continue lendo >>

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo