segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Avaí vence jogando em casa

Vitória importante
E não é importante por ter sido em casa, pois o Avaí se doa mas não se vende, como diz aquela faixa que a diretoria mandou colocar na Ressacada né? Importante pois nos distanciamos um pouco mais da zona de rebaixamento. Confesso que não vi o jogo, mesmo com a transmissão da SporTV preferi ver aquele UFC com aquelas lutas feias a ver o Avaí. Meu coração já não aguenta mais a pressão. Fiquei zapeando entre a luta e o jogo, portanto, nem posso tecer comentários. Valeu a vitória e ponto final.

Verdade seja dita, deixamos de embolsar uma porrada de dinheiro, que devido a incompetência da atual diretoria em conseguir um patrocinador master, seria muito bem vinda, mas vencemos o time de Ronaldinho Gaúcho e o final de semana foi todo azul.

Gilson Kleina
Kleina foi expulso no último jogo por reclamar (sem razão, afinal o zagueiro foi na bola) pro bandeira de um lance do jogo. Independente do certo ou errado, gostei da atitude do Kleina, saiu pedindo pra torcida apoiar o time para mantermos o placar favorável. Treinador tem que ter raça, tanto quanto os jogadores. Dazumbanho Kleina!

O nobre André Tchaikowsky foi além, disse que Kleina só foi expulso por ser técnico do Avaí, se fosse técnico de um Flamengo, de um Corinthias não seria expulso. Arbitragem brasileira não respeita os considerados menores, pois sabe que aqui não tem bala na agulha para uma repreensão, uma pena!

Público surpreendente
Pelo que soube, tivemos cerca de 11.000 torcedores no Estádio neste sábado (não sei informar quantos avaianos). Eu havia dito que nós, avaianos, não seríamos 6.000, mas com certeza fomos mais, porque acho difícil que o Fluminense tenha colocado 5.000 torcedores na Ressacada.

Parabéns Avaiano!

Próximo jogo
O Leão volta a campo na quinta-feira quando vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta, que neste final de semana, já sob o comando de Doriva conseguiu vencer o Flamengo após algumas rodadas sem vencer. Ou seja, a Macaca, que está a frente do Avaí na tabela vem com tudo, pois o novo treinador quer mostrar serviço.

Foto: Internet

Continue lendo >>

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Semana de treino para o Avaí

Derrota fora da programação
Verdade seja dita, nós torcedores esperamos sempre resultados positivos quando enfrentamos nossos rivais aqui de SC, infelizmente, no fds tomamos duas chapuletadas do JEC e deixamos escapar preciosos pontos na competição. Com essa derrota o Avaí continua com 17 pontos e amarga a 16a posição na tabela. Já são 03 jogos sem vitórias.


Ronaldinho Gaúcho vem aí...
Sábado às 18:30 na Ressacada, o Avaí recebe o Fluminense, e aí meus amigos, a cobra vai fumar... O Fluminense vem embalado e com um bom time, a chegada de Ronaldinho Gaúcho deu ainda mais qualidade a equipe, portanto, esperem um time voando em campo.

Como nossa diretoria, muy respeitosamente negou a venda do mando de campo (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk), o jogo será na Ressacada e tenho certeza, que todos aqueles que ficaram indignados com a possibilidade de venda do mando de campo estarão por lá. Meu palpite de público?? Não dá 6.000 (avaianos). Aí depois, a diretoria vai vir com aquela conversa de que a torcida é culpada e blá blá blá. Aquela ladainha que já ouvimos muito na antiga administração.

Trouxeram, mas na posição errada....
O Avaí apresentou na semana passada o meia paraguaio Néstor Camacho, 27 anos, que veio do Libertad, do Paraguay. Se não me falha a memória, o jogador já está a quase 02 meses sem jogar, porém, dizem, que já está pronto para estreiar. Vai entender esse posicionamento do Avaí...

O jogador deve ser remanejado para o lugar de William, que não deve jogar mais esse ano devido a uma lesão. Confesso desconhecer o paraguaio, espero que venha e seja artilheiro do clube, do campeonato, das Américas... O título deste tópico é meramente referente ao um pedido antigo meu. Sempre quis um argentino, um uruguaio, até mesmo um paraguaio no time, porém, eu queria esse povo na defesa, jogando com raça, não cansando, não tendo bola perdida. Aí o Avaí me traz um cara pra jogar no ataque. Bom, vamos ver no que vai dar isso.  Bem vindo Camacho!

Macaca de olho em Gilson Kleina
A Ponte Preta está de olho no técnico Gilson Kleina após demitir Guto Ferreira. Até onde se sabe, ainda não houve proposta oficial. Aguardemos próximos capítulos desta novela.

Foto: Alceu Atherino

Continue lendo >>

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Estróva Kiridu - V. 18

Continue lendo >>

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Nilton, William e Dalonso

Não venderam, mas não foi por ideologia
No dia de ontem a polêmica tomou conta dos avaianos e dividiu muitos deles, tudo em decorrência da proposta feita pelo Fluminense para comprar o mando de campo do jogo Avaí x Fluminense e levar o jogo para o Mané Garrincha em Brasília. Ontem mesmo o Avaí emitiu comunicado, todo cheio de gracinha, dizendo que venderam o jogo pros torcedores que são a alma do clube e blá, blá blá. Bom.... O que se sabe realmente, por informações de dentro do Avaí é que houve sim a proposta, e houve uma contra proposta do Avaí ao time das Laranjeiras, que achou cara e resolveu não aceitar.

Então Sr. Nilton, aquele comunicado ali não enganou ninguém.

Veterano William fora do Brasileiro
William Batoré, ex-ídolo avaiano fraturou o tornozelo no treino de ontem e ontem mesmo foi operado pelo Dr. Funchal, médico do clube. Acho muito pouco provável que Batoré retorne ao Avaí ainda esse ano, dado que a recuperação desse tipo de lesão pode levar até 5 meses.

Na  boa? William, que ainda não entrou no peso, foi uma decisão errada da Diretoria, que acreditou que trazendo o ex-ídolo avaiano poderia contar com um verdadeiro camisa 9 e que a torcida cessaria a cobrança por contratações. Foram 07 jogos e apenas 01 gol, currículo fraquíssimo para um camisa 09. Dada a idade avançada do atleta, podem escrever, não volta esse ano.

JEC X Avaí

No twitter ontem, muito se falou da postura do Avaí em aceitar o árbitro catarinense Rodrigo Dalonso Ferreira. Alguns torcedores cobraram uma postura do Avaí dado que são dois times catarinense e um árbitro catarinense e porque Dalonso tem um histórico nada agradável como árbitro em partidas avaianas. Daí eu si pergunto: Desde quando o Avaí tem uma postura de contestar alguma coisa? 

Foto: Luiz Henrique/FFC

Continue lendo >>

terça-feira, 28 de julho de 2015

A novela do patrocinador master...

A notícia que circula nos círculos avaianos nesta terça-feira é uma proposta feita pelo Florminense ao Avaí para levar o jogo Avaí x Fluminense da Ressacada para o Mané Garrincha em Brasília para que o time das laranjeiras possa fazer uma grande festa para a estréia de Ronaldinho Gaúcho.

O valor da proposta seria, dizem, de R$ 700 mil para vender o mando de campo. Essa grana com certeza seria uma injeção boa de verba para o time do Sul da Ilha, e ajudaria na manutenção do elenco. E o que é um jogo fora? Se formos ver, nosso retrospecto jogando fora de casa não é ruim.

No entanto, apesar da proposta feita, e que, dizem, já foi negada pelo Avaí, por não concordar com o valor (e não pelo fator princípios, torcida ou outros), fica aqui a minha reflexão a vocês nobres leitores:

Haveria necessidade do Avaí chegar a cogitar vender o mando de campo para outro time fazer a estréia de um jogador, sob risco de ser garfado pela arbitragem, de jogar longe da torcida, de jogar gora de seus domínios se a atual diretoria tivesse tido a capacidade de conseguir um patrocínio master?

A grana é boa? É. Porém, o Avaí não precisaria se sujeitar nem cogitar tal hipótese se essa atual diretoria parasse de brincar de futebol e apresentasse logo um patrocinador master. Estamos quase em Agosto e até agora nada. É muita incompetência.

Ação social pra passar a mão nessa decisão fuleira da Dilma em aceitar a entrada de refugiados no Brasil a torto e a direito enquanto nenhum outro país (com condições, que não é o nosso caso) faz isso? Meu peru presidente!!! É bom colocar um quadro aí na sua sala pra lembrar que, sem dinheiro, não tem futebol. Se vender o mando de campo, vai safar o financeiro, porém, vai afirmar ainda mais a incapacidade em gerir nosso clube.

E aí, vai fazer o que?

Continue lendo >>

  ©Resistência Avaiana - Todos os direitos reservados.

Modificado por MTblogger | Template by Dicas Blogger | Topo